Aa Aa Aa

Prevenção

Se a placa não for removida regularmente dos dentes, incluindo as áreas abaixo da linha gengival, ela pode irritar a gengiva, levando à doença na gengiva. Escovação e limpeza regular entre os dentes são essenciais para ajudar a prevenir a doença na gengiva.

Como a placa causa doenças nas gengivas?
As bactérias da placa produzem toxinas que podem irritar a gengiva e causar dano aos dentes. O estágio inicial da doença na gengiva é chamado de gengivite. Trata-se de uma inflamação na gengiva que pode causar inchaço, sensibilidade e sangramento quando da escovação ou do uso de fio dental.

Quem corre o risco de doenças na gengiva?
As doenças na gengiva podem afetar qualquer grupo etário, incluindo as crianças. Entretanto, afetam com maior freqüência os adultos. Na verdade, por volta de três dentre quatro adultos com idade superior a 35 anos têm alguma forma de doença na gengiva no momento ou a tiveram no passado.
Seu risco de ter doença na gengiva aumenta se você fuma ou tem certos problemas de saúde. Assim, é fundamental manter seu dentista informado sobre sua saúde geral.

O que eu devo fazer se achar que tenho gengivite?
Felizmente, com cuidados bucais apropriados todo dia e visitas regulares ao dentista, você pode ajudar a prevenir que a gengivite se desenvolva ainda mais. Ela é melhor prevenida e, na maioria dos casos, rapidamente curada seguindo-se uma rotina de remoção de placa todo dia – trata-se de um processo de duas etapas de escovação com escova de dentes com cerdas macias e limpeza entre os dentes. Juntas, essas etapas previnem que placa se forme nas superfícies dentais e sob a linha gengival.
A gengivite não é uma condição permanente. Ela pode ser revertida, pois não ocorre nenhum dano permanente no osso que sustenta os dentes.

O que é periodontite?
Se deixada sem tratamento, a gengivite pode progredir para uma forma mais severa de doença na gengiva chamada periodontite ou doença periodontal. A periodontite provoca danos no osso e na gengiva que sustentam os dentes. Uma vez que a periodontite é desenvolvida, o dano não pode ser revertido: apenas um programa de tratamento profissional e um nível aumentado de cuidados bucais diários em casa podem evitar que piore.
Se você tiver periodontite, seu dentista lhe fornecerá um programa individualizado para a manutenção de seus dentes e gengiva a fim de deter o progresso da doença. A Oral-B oferece uma variedade de produtos de higiene oral que são seguros para uso se você tem periodontite, incluindo a variedade de escovas de dentes elétricas da Oral-B. Uma vez que foi comprovado que nossas escovas de dentes elétricas removem mais placa do que uma escova de dentes manual, você pode melhorar seu nível de higiene oral, o que é um fator crítico no controle da doença na gengiva.

A quais sintomas eu devo estar atento?
A periodontite pode inicialmente ocorrer sem muitos sintomas visíveis, portanto exames dentais regulares são essenciais para um diagnóstico prematuro.
Sintomas comuns da periodontite são gengivas vermelhas e inchadas que começaram a se afastar dos dentes, criando bolsas. Isso está freqüentemente associado com sensibilidade dental, uma sensação de pressão intensa entre os dentes ou sangramento quando da escovação ou do uso de fio dental.
Em estágios mais avançados, você pode ter recessão gengival, cárie radicular, pus entre os dentes e gengivas, e amolecimento ou eventual perda dos dentes.

1 2 3
1 PERIODONTITE

2 PERIODONTITE
MODERADA
3 PERIODONTITE AGUDA

Como eu ajudo a prevenir o desenvolvimento da periodontite?

Adotando uma rotina completa de cuidados bucais, você pode ajudar a evitar a periodontite – aqui estão algumas dicas úteis:

* Escove completamente seus dentes duas vezes ao dia com uma escova com cerdas macias e pasta de dentes com fluoreto – preferivelmente de manhã após o café e antes de dormir
* Limpe entre seus dentes diariamente a fim de remover placa de áreas que sua escova de dentes não consegue alcançar
* Visite seu dentista regularmente – pelo menos uma vez a cada seis meses, para limpeza e exame
* Evite fumar e usar tabaco
* Os dentistas recomendam que você troque sua escova de dentes pelo menos a cada três meses ou antes se a escova de dentes parecer gasta, pois pesquisa mostra que uma escova de dentes nova consegue remover mais placa do que uma com três meses de uso.1

Warren PR et al. J Clin Dent 2002; 13: 119 – 124
Texto revisado pelo Dr. Valter Luis Varise – Especialista em Ortodontia