Aa Aa Aa

D-ATM e Dor Orofacial

Dor-de-cabeça[1]

 

Faça o seguinte teste:

1. Você sente dificuldade ou cansaço na boca ao se alimentar?
2. Você tem sons (tipo estalido) próximo aos ouvidos ao abrir ou fechar a boca?
3. Você tem dificuldade para abrir a boca?
4. Ao abrir a sua boca ela desvia para algum dos lados?
5. Você tem dor de cabeça constante?
6. Você range ou aperta os dentes?
7. Você sente dificuldade para abrir a sua boca ao acordar?
8. Você acorda com dor de cabeça e cansaço?
9. Você já travou a sua boca (aberta ou fechada)?
10. Você tem estes sintomas acima acompanhados de zumbido? Se você respondeu a uma dessas questões positivamente, provavelmente você pode estar desenvolvendo uma DTM (Disfunção Temporomandibular).


DTM

D-ATM, ou disfunção da articulação temporomandibular, é uma alteração da articulação que liga o maxilar à mandíbula que pode, por exemplo, não estar funcionando adequadamente. Essa articulação é uma das mais complexas do corpo humano, responsável por mover a mandíbula para frente, para trás e para os lados. Qualquer problema que impeça a função ou o adequado funcionamento deste complexo sistema de músculos, de ligamentos, de discos e de ossos é chamado de D-ATM. Geralmente, a D-ATM dá a sensação ao indivíduo acometido de que sua mandíbula está saltando para fora, fazendo um estalo e até travando por um instante. A causa exata desta disfunção, em geral, é impossível de ser identificada.

Quais os sintomas da D-ATM?

Disfunções de ATM apresentam muitos sinais e sintomas. É difícil saber com certeza se você tem D-ATM, porque um destes sintomas ou todos eles podem também estar presentes em outros problemas. Seu dentista poderá ajudá-lo a fazer um diagnóstico preciso, através de uma história médica e dentária completa, um exame clínico e de radiografias adequadas.

Alguns dos sintomas mais comuns de D-ATM são:

  • Dores de cabeça (freqüentemente parecidas com enxaquecas), dores de ouvido, dor e pressão atrás dos olhos;
  • Um “clique” (ruídos) ou sensação de desencaixe ao abrir ou fechar a boca;
  • Dor ao bocejar, ao abrir muito a boca ou ao mastigar;
  • Mandíbulas que “ficam presas”, diminuição de abertura da boca, travam ou saem do lugar;
  • Flacidez dos músculos da mandíbula;
  • Uma brusca mudança no modo em que os dentes superiores e inferiores se encaixam;
  • Dor espontânea ou provocada, normalmente desencadeada pela movimentação da boca;
  • Alterações otológicas (dor de ouvido, tontura, zumbido, ouvido entupido).

Como tratar a D-ATM?

Embora não exista uma cura para a D-ATM, na Ortomix existem diversos tratamentos que você pode seguir para diminuir consideravelmente os sintomas. Seu dentista pode recomendar um ou mais dos seguintes tratamentos:

  • Tentar eliminar a dor e o espasmo muscular através da aplicação de calor úmido ou através de medicamentos como relaxante muscular, aspirina ou outros analgésicos comuns, ou ainda antiinflamatórios;
  • Reduzir os efeitos prejudiciais de travamento ou rangido, por meio de um aparelho, algumas vezes chamado de placa de mordida ou “splint”. Este aparelho, feito sob medida para sua boca, se encaixa nos dentes superiores e ao deslizar sobre os dentes inferiores impede estes dentes inferiores de ranger contra os dentes superiores;
  • O aparelho da técnica do Regulador de Função Aragão (RFA)  indicado na Ortomix quando usado corretamente pelo paciente com dor crônica é eficaz na resolução deste problema:
  • Aprender técnicas de relaxamento para ajudar a controlar a tensão muscular na mandíbula. Seu dentista pode sugerir que você procure condicionamento e aconselhamento para ajudar a evitar o estresse;
  • Quando partes da mandíbula são afetadas e os tratamentos não surtiram efeito, uma cirurgia na articulação pode ser recomendada.
hinges
D-ATM ocorre quando a complexa articulação que movimenta sua mandíbula não funciona bem.

 

Dores Crônicas e tratamento

Sabemos que a dor é multifatorial e quando estamos instáveis emocionalmente ela surge de forma mais intensa. Pacientes com dores crônicas associadas (Cefaléias, Enxaquecas, Fibromialgia), com o tratamento com a técnica do Regulador de Função Aragão (RFA) da Ortomix se beneficiaram com a redução do uso de drogas, melhor aparência facial, tornando-se mais jovens e com melhor auto-estima, melhor simetria corporal e da oxigenação corporal.
técnica do Regulador de Função Aragão (RFA) quando usada corretamente pelo paciente com dor crônica é eficaz na resolução deste problema. O diagnóstico se dá pela história clínica, exame clínico, exame radiográfico e fotográfico da face e corpo.

TIPOS DE APARELHOS DE RFA

RFA III

RFA II

RFA IV